Economia

Prova de proficiência em português é feita no Brasil para estrangeiros

Teve início nesta semana, a aplicação das provas de proficiência Celpe -Bras para estrangeiros, de Língua Portuguesa. Os exames serão aplicados até sexta-feira (5).

De acordo com o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), o Ministério da Educação, e o Ministério das Relações Exteriores, cerca de 7.448 pessoas foram inscritas a fim de testarem sua fluência na Língua Portuguesa, praticada no Brasil.

O número de estrangeiros inscritos na prova da Celpe – Bras, é menor desde o ano de 2011. Pela primeira vez em 20 anos, essa avaliação terá apenas uma etapa.

Detalhes das avaliações aplicadas

São cerca de 28 postos de aplicações das provas em todo o território nacional. E no exterior, os postos onde serão aplicadas as provas, são nos seguintes países: África do Sul, Alemanha, Angola, Argentina, Áustria, Bolívia, Cabo Verde;

Chile, China, Colômbia, Coreia do Sul, Costa Rica, El Salvador, Equador, Espanha, Estados Unidos, França, Guiana, Guiné Bissau, Itália, Japão, Líbano, México, Moçambique, Nicarágua, Nigéria, Paraguai;

Peru, Polônia, Reino Unido, República Dominicana, São Tomé e Príncipe, Suíça, Suriname, Uruguai e Venezuela. A prova do Celpe-Bras é dividida em duas etapas: uma parte oral e uma escrita.

A parte escrita é aplicada coletivamente, e teve início nessa segunda-feira. Já a parte oral será aplicada até sexta-feira desta semana, de acordo com o horário determinado para cada participante.

Medidores de resultados

Os resultados das provas, não têm como objetivo aprovar ou reprovar algum candidato. Apenas serão pontuadas as avaliações de acordo com o nível de proficiência:

– Nível avançado superior: pontuação de 4,26 a 5,00;

– Nível avançado: pontuação de 3,51 a 4,25;

– Nível intermediário superior: pontuação de 2,76 a 3,50;

– Nível intermediário: pontuação de 2,00 a 2,75;

– Sem certificação: pontuação de 0,00 a 1,99;

As provas do Celpe – Bras são aplicadas pelo Inep desde 2009, e nesses 20 anos, foram mais de 68 mil participantes. A taxa de inscrição média para os exames, são por volta de duzentos reais (moeda brasileira), e no exterior cerca de 100 dólares (equivalente a 370 reais).

O certificado de proficiência em língua portuguesa da Celpe – Bras, é exigido aos estrangeiros e reconhecido pelo governo brasileiro, para    ingressarem em cursos de graduação e pós-graduação, comprovando os seus conhecimentos no idioma brasileiro.

A Comissão para a Elaboração do Exame de Proficiência de Português, para Estrangeiros, foi oficialmente criada pelo MEC, em junho de 1993. A primeira reunião do Conselho, realizada em Brasília, definiu como seriam realizados os exames da prova.

A população alvo foi direcionada, bem como todas as questões que seriam avaliadas no exame. A necessidade de criação de um único exame padrão para selecionar os estudantes de intercâmbio, foi determinante para a efetivação do programa.

E a estudantes que se candidatam ao Programa de Estudantes-Convênio de Graduação, e ao Programa do MEC e do Ministério de Relações Exteriores, tanto em Universidades Brasileiras, como de países em desenvolvimento que têm acordos educacionais e culturais com o Brasil.

Leave your vote

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

To Top

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.