Esportes

Bruno Henrique decide, Palmeiras vence o Ceará e segue na liderança do Brasileirão

O Palmeiras deu mais um passe rumo ao seu 10º título do Campeonato Brasileiro. Jogando no Pacaembu, o Verdão recebeu o Ceará e venceu por 2 a 1. Bruno Henrique anotou os dois gols palmeirenses, enquanto Arthur descontou para os cearenses.

Com o resultado, o Verdão segue na liderança isolada do Brasileirão, agora com 62 pontos conquistados. Já o Ceará segue em situação delicada, dentro da zona de rebaixamento, com 31 pontos. Próximo desafio do time comandado por Luis Felipe Scolari será no sábado (27), às 19h, no Maracanã. Os cearenses terão pela frente o Atlético-MG no dia 29 de outubro, segunda-feira, às 20h, na Arena Castelão.

O jogo

A equipe comandada por Lisca tentou pressionar nos primeiros minutos de partida. Entretanto, o Verdão abriu o marcador em cobrança de pênalti aos 17 minutos, com Bruno Henrique. O mesmo Bruno ampliou aos 34 da primeira etapa, em chute de fora da área.

Ainda no primeiro tempo, Deyverson foi expulso após falta dura em Richardson e deixou o Palmeiras com um a menos por toda segunda etapa. Arthur descontou para os cearenses aos 9 da segunda etapa. O jogo ganhou em emoção e as duas equipes criaram chances para marcar. Final, Palmeiras 2×1 Ceará.

Confira a ficha técnica do confronto:

Palmeiras 2×1 Ceará

Local: estádio do Pacaembu

Data: 21 de outubro de 2018, domingo

Público e renda: 33.355 pagantes / R$ 1.178.690

Cartões amarelos: Bruno Henrique, Diogo Barbosa e Hyoran, Mayke e Lucas Lima (PAL) e Samuel Xavier e Richardson (CEA)

Cartão vermelho: Deyverson (PAL)

Gols: Bruno Henrique (17 minutos do primeiro tempo e aos 34 da primeira etapa) e Arthur (9 minutos do segundo tempo)

Escalação do Palmeiras: Weverton; Jean (Mayke), Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luis; Felipe Melo e Bruno Henrique (Moisés); Lucas Lima, Hyoran (Dudu) e Willian; Deyverson. Técnico: Luiz Felipe Scolari

Escalação do Ceará: Everson; Samueal Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e Felipe Jonatan (Ricardinho); Edinho (Felipe Azevedo) e Richardson; Calyson, Juninho Quixadá (Ricardo Bueno) e Leandro Carvalho; Arthur. Técnico: Lisca

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top