Famosos

Amber Heard, ex-Johnny Depp, perde recurso contra processo de difamação de US$ 50 milhões

Amber Heard perde recurso contra -Johnny Depp

Johnny Depp está processando sua ex mulher, Amber Heard, em US$ 50 milhões por difamação. E o processo deve continuar, pois nesta semana ela perdeu o recurso contra ele.

Amber, 33 anos, fez declarações difamatórias em um artigo do jornal Washington Post, onde relatava as experiências de como sobreviveu a supostos atos de violência doméstica, algo que ele nega veemente.

O casal se separou em maio de 2016 e logo em seguida ela fez diversas alegações de violência doméstica. A situação se agravou ainda mais após a publicação no jornal americano.

As notícias fizeram com que ele perdesse o seu papel como capitão Jack Sparrow nos filmes de Piratas do Caribe, da Disney.

Foi então que Johnny entrou com um processo por difamação. Um juiz acabou rejeitando três das quatro sentenças, entendendo que elas não seriam difamatórias.

Passeios virtuais das principais atrações dos parques Disney.

Acordo

Eles concordaram em um acordo de divórcio de US$ 6 milhões. Mas a briga surgiu após o artigo no Washington Post, mesmo sem mencionar o seu nome, mas dando a entender que ele seria o agressor.

Foi então que o ator de 55 anos, deu continuidade no processo por difamação, uma vez que ela alegou ter recebido ameaças de morte e perdido o trabalho após fazer acusações contra ele por abuso doméstico.

Em parte do processo cita que a afirmativa de que Depp é um agressor doméstico é categoricamente e comprovadamente falsa.

O ator de Hollywood que chegou a ser avaliado em 150 milhões de libras em 2018, disse no processo que tais atos são uma farsa elaborada para comprometer sua carreira.

Acusações

Na época surgiram imagens onde Heard estava com o rosto e olhos machucados. Na foto ela diz que as escoriações foram resultados de uma briga com Depp que jogou um telefone contra seu rosto.

Mas ele rebate que a ex-mulher era violenta na relação que durou nem dois anos. Ela nega que era violenta.

Ele diz no processo por difamação, Depp diz que um mês após o casamento, ela jogou uma garrafa de vodka nele, o que fez com que os ossos da ponta do dedo médio direito fossem quebrados.

Mas um dos seus principais motivos do processo foi que ele acabou sendo excluído da franquia Pirates of the Caribbean, quatro dias após a publicação de Heard no Washington Post.

O processo deve continuar, já que ela teve o seu recurso negado.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top