Famosos

Mulheres no Poder: Ticiana Nogueira fala de sua luta contra os padrões de beleza

Ticiana Nogueira assim como outras tantas mulheres de cabelos crespos e cacheados era refém da chapinha e dos alisamentos capilares, até que um pedido especial revolucionou sua vida e a transformou em uma das mais respeitadas influenciadoras digitais quando o assunto é empoderamento feminino.

Há quatro anos, sua filha, então com 12 anos de idade, pediu para alisar os cabelos e ficar parecida com a sua mãe, mas ali Ticiana percebeu que a menina não poderia achar que só seria bonita se estivesse com alisamento e decidiu propor que ela utilizasse o seu estilo encaracolado.

A decisão da filha em manter a naturalidade, fez Ticiana optar por desistir dos alisamentos e entrar em transição capilar e retornar também para os cabelos cacheados e o resultado foi surpreendente!

Como uma maneira de registrar o passo a passo deste longo período de transição, a musa criou um canal do YouTube e bombou!

Como foi o começo de sua história como influenciadora?

Tudo começou quando escolhi deixar de alisar os cabelos a pedido da minha filha e resolvi registrar esse momento, com o intuito de ajudar outras meninas, que pudessem estar passando pelo processo de transição.

O meio digital é um dos maiores canais de comunicação em massa de hoje. Que importância você dá a debater sobre o empoderamento feminino na rede?

Esse é um assunto de muita relevância e merece toda atenção e respeito, pois através das redes sociais, consigo atingir um volume enorme de pessoas,valorizar e elevar o tema empoderamento feminino a um nível inimaginável.

Foto: Reprodução/Instagram

No começo de seu reconhecimento, a questão do cabelo foi algo crucial para a sua transformação, se dominando “refém” das chapinhas e dos alisamentos capilares. De que modo esse tipo de padrão representa algo prejudicial para as mulheres?

Esse padrão imposto pela sociedade se torna prejudicial à mulher, quando ela se vê escrava de alisamento ou de quaisquer procedimento, seja ele químico ou não, passa a acreditar que só assim será aceita e chega ao ponto de só se reconhecer nessa versão completamente destorcida de si mesma.

Os padrões de beleza são cada vez mais pressionados contra a sociedade. Como acha que podemos agir em relação a eles, sem deixar com que nos afetem diretamente?

A melhor maneira de se blindar é ter sabedoria para separar a “modinha” construída pela sociedade, viver o que é real, te completa e te faz feliz. Criar o seu espaço, desconstruir os padrões impostos pela sociedade, se aceitar independentemente de se encaixar ou não nos padrões pré estabelecidos.

Foto: Reprodução/Instagram

Há alguns anos atrás, sua filha fez esse mesmo pedido de querer alisar os cabelos, e você a ensinou que ser bonita seria só pelas mudanças físicas que fizemos. Como reagiu a essa situação?

Foi muito delicado e difícil, porém havia chegado a hora de mudança de ciclo e sair da minha zona de conforto, pois era o momento de provar pra mim, pra pessoa mais importante da minha vida e pro mundo que era possível sim, ser linda e aceita pela sociedade, com os cabelos naturais, exatamente como Deus nos colocou no mundo!

De onde veio a ideia de criar o canal no YouTube?

Foi criado pra registrar e compartilhar todo esse processo de mudança, externa, interna e mostrar o quanto a makeup poderia ser uma forte aliada nesse processo.

Foto: Reprodução/Instagram

Um dos meios de motivações que utiliza é a questão da autoestima. Acredita haja falta disso entre as mulheres?

Sim, infelizmente o problema da baixa autoestima, acomete uma parcela importante de mulheres. Gosto de mostrar que podemos juntas, conseguir resgatar a autoestima perdida e se tornar uma mulher mais fortalecida.

Como foi receber o título de embaixadora do Instituto Rara Beleza Cachos?

Foi um dos melhores presentes, representar o primeiro instituto de cacheadas e crespas de Campinas e se tornar referência para muitas mulheres de Campinas e região.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top