Famosos

Nick Cave publica carta emocionante sobre luto da morte do filho

Você acredita em contato após a morte? Tem crenças sobre comunicação com quem partia para a outra vida? O cantor Nick Cave publicou uma mensagem tocante em seu site oficial, o The Red Hand Files, sobre a perda do seu filho Arthur.

O site do astro da música tem espaço para conversas com fãs e um internauta relatou que perdeu pai, irmã e seu primeiro amor há poucos anos, mas possui contato com eles através de sonhos.  A fã, então, questiona se Cave e Susie, sua mulher, possuem contato com o pequeno Arthur. “Essa é uma linda questão, e estou agradecido que você a tenha feito”, diz Cave, em um texto.

Para mim, parece que, se amamos, sofremos. Este é o acordo. Esse é o pacto. O luto e o amor estão interligados pra sempre. O pesar é o terrível lembrete das profundezas do nosso amor e, como com o amor, o sofrimento não é negociá“, acrescentou.

Cave crê em dons especiais que explicam a comunicação com o outro mundo e diz que também se comunica com Arthur mesmo três anos após a sua morte.

Nós existimos dentro desse giro, todo tipo de loucura existe, fantasmas e espíritos e visitas de sonhos. São dons preciosos que são tão válidos e tão reais quanto precisamos que sejam. São guias espirituais que nos levam para fora da escuridão”, afirma o cantor, mencionando agora o filho“, destacou.

Eu sinto a presença do filho, por toda parte, mas ele pode não estar lá. Eu o ouço falar comigo, cuidar de mim, me guiar, embora ele talvez não esteja lá. Ele visita Susie em seu sono regularmente, fala com ela, conforta-a, mas pode não estar lá. O pavor arrasta fantasmas em seu rastro. São espíritos, ideias, essencialmente. São nossa imaginação, atônita, que ressurgem após a calamidade. Siga suas ideias, porque do outro lado da ideia está a mudança, crescimento e a redenção. Crie seus espíritos. Ligue para eles. Eles estarão vivos? Fale com eles”, finalizou.

A MORTE DE ARTHUR CAVE

Em 2015, Arthur Cave, de 15 anos, morreu ao cair de um penhasco em Brighton, em East Sussex, na Inglaterra. Ele foi levado ao Royal Sussex County Hospital, em Brighton, mas não resistiu aos graves ferimentos.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top