Famosos

Sandra de Sá comenta sobre pedido de despejo que sofreu recentemente

Sandra de Sá explicou, durante uma conversa com a equipe do ‘Tricotando’, da RedeTV!, a ação de despejo que ela e sua esposa, Simone Malafaia, sofreram recentemente. A cantora mandou algumas imagens pessoais do imóvel citados no caso a fim de poder comprovar os inúmeros problemas de conservação mostrados por sua advogada no caso, como infiltrações nas paredes e água totalmente imprópria para utilização.

Reprodução/Instagram

“O papo é o seguinte: eu também fiquei altamente surpresa com esse lance aí de ação de despejo, inclusive porque eu não recebi citação nenhuma, mas o problema é outro. O problema são os vícios ocultos, que são problemas que têm na casa antes da gente entrar”, declarou Sandra.

“O mole que eu dei foi na parada da vistoria, na primeira vistoria, de ter levado fé que os reparos seriam feitos dignamente. Os reparos não foram feitos, só piorou tudo, e minha advogada está conversando há algum tempo já com o advogado da outra parte para solucionar isso (…), para a gente decidir se fica ou não na casa”, explanou.

A cantora ainda aproveitou a oportunidade para poder elucidar que o caso não tem absolutamente nada a ver com eventuais problemas de ordem financeira. “Meu problema é esse, não é problema de grana não, fica relax! Condomínio está pago, luz, está tudo pago, tudo na boa!”, salientou.

Mais sobre Sandra de Sá

Sandra de Sá é uma famosíssima e consagrada cantora, instrumentista e compositora brasileira. Sandra sempre buscou se envolver e misturar diferentes gêneros musicais, mas seu foco principal é a black music e a música popular brasileira.

Carioca da gema, oriunda do subúrbio de Pilares, a música sempre esteve presente na sua vida, uma vez que seu pai era baterista.

Sua voz é grave e poderosa e seu estilo reflete toda uma maravilhosa africanidade. Aliás, Sandra de Sá é neta de um caboverdiano. Quando acompanhava seu pai em shows, durante sua adolescência, Sandra participava dos bailes de gafieira, samba e soul, em Pilares e locais próximos, assim como a quadra da Caprichosos de Pilares, escola na qual desfila até os dias atuais. Apreciando cada vez mais esse mundo da música, aprendeu a tocar violão de forma autodidata e iniciou a composição de suas letras. Com o apoio dos pais, passou a se apresentar em escolas de samba e com pouco tempo de carreira, Sandra de Sá transformou-se na aclamada rainha do soul brasileiro.

Ela gravou um clipe com Tim Maia, o famoso clipe do hit “Vale Tudo” (Tim escolheu Sandra para fazer a dupla com ele). Tornaram-se excelentes amigos e realizaram inúmeros shows juntos aí pelo Brasil. Cazuza costumava dizer que ela era a “Billie Holliday brasileira”. Por conta de sua letras de forte conscientização social, conquistou prêmios como cantora e compositora em inúmeros festivais de música popular brasileira. Em 1977, deu início aos seus estudos no curso de Psicologia na Universidade Gama Filho, o qual precisou abandonar quase no momento de encerrar, pois bombou como compositora, tendo uma de suas composições daquele período, “Morenando”, gravada por Leci Brandão. Um tempo depois, também fez sucesso como cantora.

O sucesso mesmo, como cantora, começou no início da década de 1980. No MPB 80, da Rede Globo, Sandra Sá classificou “Demônio Colorido” entre as dez finalistas e a música ganhou repercussão no Brasil inteiro.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top