Finanças

Banco Randon completa dez anos e mira a transformação digital

Em uma década de atuação, instituição financeira ultrapassou R$ 10 bilhões em volume de crédito concedido e foca na inovação como estratégia para o futuro

O mês de setembro marca uma data especial para o Banco Randon, que completa dez anos de presença no mercado. A instituição financeira, uma das unidades da divisão de serviços das Empresas Randon, faz um balanço positivo de uma década de atuação, somando mais de R$ 10 bilhões de crédito já concedido e alcançando mais de cinco mil clientes em todo o Brasil. Nos últimos anos, o Banco vem construindo um movimento importante, conectando-se, cada vez mais, com a inovação e com a transformação digital.

Criado para apoiar os segmentos ligados ao setor de transportes e logística, com linhas de crédito de variadas modalidades, o Banco Randon fomenta a cadeia de negócios das Empresas Randon, clientes, fornecedores e parceiros. Entre os benefícios oferecidos, destacam-se as facilidades geradas pelo conhecimento das particularidades de cada linha de produto fabricada e comercializada pelas empresas, desde os implementos e veículos até os componentes e sistemas automotivos.

“Acompanhamos diversos momentos da economia e conseguimos suportar nossos clientes por meio de soluções inteligentes, serviços seguros e credibilidade. Agora, estamos prontos para avançar, seguindo as tendências mundiais de transformação digital”, salienta o diretor superintendente do Banco Randon, Joarez José Piccinini. Nesse sentido, a companhia veio aprimorando o atendimento ao longo dos anos, com o desenvolvimento de ambiente digital para os clientes. O Banco passou a utilizar algoritmos como forma de aprimorar o processo de análise de crédito, aplicativo para contratação de serviços de forma online e desenvolveu um portal para os fornecedores das Empresas Randon realizarem operações de antecipação de recebíveis.

O momento atual, que traz inúmeros desafios para as organizações, aponta para uma grande expansão na área de atuação do Banco Randon. Apenas no primeiro semestre de 2020, o Banco Randon apresentou R$ 617 milhões de ativos de crédito e um patrimônio líquido de R$ 135 milhões. Segundo Piccinini, em razão da atuação do Banco estar ligada diretamente ao setor de transporte, que atua fortemente com um dos segmentos que segue em crescimento, o agronegócio, a pandemia de Covid-19 não causou grande impacto. “Neste momento, nosso grande foco é atuar de forma colaborativa com novos parceiros, especialmente os que estão ligados ao ecossistema de inovação no setor financeiro. Queremos avançar no aprimoramento de plataformas, produtos e serviços inteligentes, com o objetivo de gerar melhores experiências aos clientes e conquistar novos usuários”, reforça o executivo.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top