Vingança! Drone iraniano é destruído no Estreito de Ormuz por EUA

Donald Trump confirmou uma informação na manhã desta quinta-feira (19/07), onde a Marinha dos Estados Unidos derrubou um drone iraniano no Estreito de Ormuz, logo após ter se recusado a recuar mediante diversos avisos.

O responsável por abater a aeronave do Irã foi a embarcação USS Boxer. O abate foi feito em uma passagem marítima estratégica no Golfo, onde o drone chegou a ficar 914 metros do navio. Essa ação é a primeira concreta após o Irã abater o drone militar americano em junho.

Porém mesmo com a confirmação de Trump, o governo iraniano disse que não tinha informações sobre qualquer perda neste sentido. O que havia sido confirmado mais cedo pelo Teerã é que o Irã havia apreendido um navio tanque estrangeiro com 12 tripulantes, do qual era responsável por contrabandear combustível neste ponto estratégico do Golfo. A apreensão ocorreu no último domingo (15/07).

Nos últimos meses o Irã vem sendo acusado pelos EUA por atacar diversos navios tanque que realizam suas travessias através do Golfo Pérsico. Porém o governo de Teerã nega veemente todas as acusações.

Sobre o abate do drone iraniano

Trump disse sobre a destruição do drone através de uma mensagem diretamente da Casa Branca. Nela ele relata:

“Quero informar a todos sobre um incidente no Estreito de Hormuz hoje envolvendo o USS Boxer, um navio de assalto anfíbio da Marinha. O Boxer tomou medidas defensivas contra um drone iraniano que havia se fechado em uma distância muito, muito próxima, de aproximadamente 914 metros, ignorando várias chamadas para se manter em pé e ameaçando a segurança do navio e da tripulação do navio…”

Ele ainda termina dizendo que após o descumprimento da ordem de se afastar, o drone acabou sendo destruído e esta é mais uma de muitas outras ações provocativas e hostis do Irã sobre os navios que operam em águas internacionais.

Sendo assim os Estados Unidos conta com o direito de defender seu pessoal, seus interesses e suas instalações na região.

Mas segundo o departamento de defesa americano, não houve disparo de mísseis contra o drone, o ataque e a derrubada foram feitos através de um equipamento de interferência eletrônica, onde o Irã acabou perdendo o controle da aeronave.

Verdade ou mentira?

Apesar de ter sido confirmada a derrubada, um funcionário do alto escalão iraniano negou que qualquer drone do Irã foi abatido nessa quinta-feira. O vice-ministro das Relações Exteriores, Abbas Araqchi, publicou um tweet em inglês sugerindo que o navio americano derrubou na verdade um drone do próprio Estados Unidos.

tweet funcionario iraniano sobre drone ira abatido

Deixe um comentário