Notícias

Casa Branca é notificada por senadores republicanos contra as tarifas no México

Republicanos alertam sobre os riscos de taxar as importações mexicanas.

guerra comercial estados unidos e mexico

O presidente americano Donald Trump deseja dificultar as importações a todo custo e não somente com a China, o seu principal “rival” da Guerra Comercial, mas também com países da Europa e agora também com o México.

Mediante as suas últimas declarações, os senadores republicanos enviaram à Casa Branca uma mensagem neste último dia 04/06, onde alertam sobre os planos de Trump com relação às tarifas que devem ser impostas nas importações mexicanas. A resposta vem logo após o presidente citar que os legisladores serão tolos se tentarem o impedir.

Trump deseja impor tarifas de 5% sobre todos os bens e produtos importados do México, podendo chegar em até 25%, até que o governo mexicano venha estimular o fluxo de migrantes no país. Esta é uma das maiores polêmicas com os republicanos desde que Trump assumiu a presidência.

Senadores republicanos

Eles saíram de uma reunião no Capitólio muito nervosos, após serem informados sobre as decisões de Trump através de um assessor da Casa Branca e de um procurador geral. Isso porque as informações chegaram com um caráter emergencial com relação a fronteira sul, divisa com o México.

No mesmo momento alguns senadores pediram pros assessores levarem a reposta, um sonoro “NÃO”. Ted Cruz senador do Texas disse que não irá ceder a ninguém, pois tem um compromisso com a fronteira. Não há razão para os pecuaristas, fazendeiros e produtores pagarem um aumento de US$ 30 bilhões em novos impostos.

O estado do Texas será o mais atingido pelas tarifas sobre os produtos mexicanos, pois a região mantém uma relação forte com o país vizinho. Em seguida os estados de Michigan, Califórnia, Illinois e Ohio também irão sofrer com as novas taxações segundo a Câmara de Comércio dos EUA.

Mercado com medo

Após estes pronunciamentos, o mercado tem 100% de certeza que Trump está pretendendo travar uma guerra comercial global e não apenas alguns casos isolados. As ações bem incomodando os economistas, onde já estão sugerindo que o banco central deva cortar as taxas de juros caso esta guerra venha a prejudicar a economia.

As ações tiveram uma das variações mais fortes deste ano.

Leave your vote

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

To Top

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.