Notícias

Identificado e preso suspeito de atear fogo na produtora do Porta dos Fundos

operacao contra crime porta dos fundos

Na manhã desta terça-feira (31/12) o principal suspeito do crime envolvendo coquetéis molotov contra a produtora do Porta dos Fundos foi identificado e está com mandado de prisão em aberto.

O mandado de prisão, busca e apreensão foi cumprido pela Polícia Civil, mas o suspeito ainda está sendo procurado e é hoje considerado foragido pela justiça.

Seu nome é Eduardo Falzi Richard Cerquise.

O ataque ocorreu no último dia 24 de dezembro. Nas filmagens fornecidas pela produtora, havia um homem sem capuz no momento do ataque. Ele foi identificado.

Imediatamente a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) acabou quebrando todos os sigilos telefônicos e de internet dos suspeitos que foram identificados. Todas as pesquisas e mensagens trocadas entre eles foram acessadas e estão sendo avaliadas.

O suspeito do mandado de prisão emitido pode ser identificado através de escutas telefônicas. As mesmas foram autorizadas pela Justiça no último dia 26 de dezembro.

Na busca e apreensão, um simulacro de arma, dinheiro (R$ 119 mil), camisa de entidade filosófico-política, computadores e munição foram recolhidos na casa do suspeito.

Esposa é tatuada roncando por homem no Reino Unido.

10ª DP

Quem está acompanhando este caso é a 10ª DP sobre os cuidados do delegado Marco Aurélio de Paula Ribeiro. Ele deve falar mais sobre o caso ainda hoje.

Durante o ataque haviam dois homens em um carro e outros dois em uma moto. Três deles jogavam os coquetéis molotov contra a produtora. Um outro fazia o registro da ação com um celular.

Fábio Porchat fala pela primeira vez sobre ataque de Molotov.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top