Sociedade

Atiradores do massacre de Suzano se suicidaram quando viram a Polícia

(TE) Sociedade – Durante um pronunciamento oficial, proferido nesta quarta-feira, 13 de março, o secretário de Segurança Pública de São Paulo, João Camilo Pires de Campos, falou que os dois atiradores que invadiram uma escola em Suzano e desferiram tiros contra várias pessoas se mataram no momento em que viram dois policiais militares no local.

Você também pode se interessar por:

“Quando se depararam com a Força Tática, com o sargenteo Camargo, cabo Airana e cabo Diniz, eles [atiradores] estavam prestes a entrar em uma sala com dezenas de alunos. Se depararam com o escudo, e cometeram o suicídio. Não está identificado se um atirou”, enunciou o secretário.

O Governo de São Paulo indica que 10 pessoas morreram, entre as quais os dois atiradores. Outras nove pessoas foram feridas e foram encaminhadas aos hospitais.

Ainda segundo informa Campos, a sequência precisa dos fatos e de que maneira o crime aconteceu serão reconstituídos pela Polícia Civil. O secretário falou igualmente que os dois atiradores já haviam estudado na escola.

Ele pensa que os atiradores do massacre de Suzano conseguiram acesso ao local pois um deles, cujo nome é Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, havia estudado lá até o ano passado e os funcionários o conheciam.

“Provavelmente por causa do conhecimento [de Guilherme com] a coordenadora pedagógica, que foi a primeira atingida.”

O secretário Campos declara que, antes de chegar na escola, os atiradores já tinham atirado em uma locadora de veículos, atingindo um homem que era tio de um dos jovens. O homem recebeu o devido socorro, porém não resistiu e morreu no hospital. Entre as vítimas também estão duas funcionárias que trabalhavam na escola.

O comandante da Polícia Militar, coronel Marcelo Vieira Salles, falou que, no momento do ataque, o portão da escola encontrava-se aberto, e os atiradores foram recebidos pela coordenadora. Assim que eles chegaram no local, os jovens não estavam usando máscaras. “Atiraram na coordenadora e depois nos alunos.”

Leave your vote

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

To Top

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.