CPF Digital: Aplicativo de emissão, como funciona e Cadastro

A tecnologia é algo que tem promovido mudanças sistemáticas em nossa vida. Mas mais do que a tecnologia, a pandemia também tem causado mudanças gigantescas. O isolamento social e o distanciamento são uma delas. Neste momento de pandemia que estamos vivendo, a Secretaria da Receita Federal liberou o CPF digital. O sistema informatizado é resultado do trabalho da Serpro.

Desde o ano passado os brasileiros passaram a contar com o documento na versão digital. Passo importante para o processo de digitalização universal de identificação.

Além do CPF digital, o aplicativo desenvolvido pela Serpro conta com um Boot chat que auxilia no preenchimento da Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física, o IRPF.

Caso você tenha se interessado o CPF em sua versão digital já está disponível na App Store e na Play Store. Aqui compartilharei tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

A importância do CPF

Desde 2019 por meio do decreto de nº 9.723 de 2019 o CPF se tornou um documento fundamental.

Desde então é por meio dele que todos os brasileiros podem obter acesso a benefícios e igualmente a partir de sua apresentação dispensa-se assim a apresentação de outros documentos. Isso para o caso de obrigações legais e na manutenção de direitos do indivíduo.

CPF digital

O CPF digital que está disponível a partir do cadastro no aplicativo, ao ser acessado exibe o cartão ao usuário e manifesta um passo importante para o processo de digitalização de todos os brasileiros.

Chatbot

Mencionei anteriormente que o sistema informatizado desenvolvido pela Serpro contava com um chatbot. Nesse primeiro momento, esse bot de atendimento, que se utiliza de inteligência artificial, trará informações unicamente sobre o processo de Declaração do Imposto de Renda.

Nas questões contempladas há, por exemplo, como consultar restituição, prazos e multa para não declaração.

A ideia do chat boot é a resolução de problemas simples para evitar o deslocamento até uma unidade mais próxima. Segundo manifesto do secretário Especial da Receita Federal do Brasil, José Barroso Tostes Neto, o objetivo é que o sistema informatizado com o tempo passe a realizar atendimentos mais complexos.

Como obter o CPF digital?

Você deve estar se perguntando agora como obter o CPF digital, não é mesmo? Não se preocupe. Eu te explico o que você precisa fazer. 

Infelizmente nesse primeiro momento apenas quem possui CNH poderá acessar o CPF digital. Isso acontece porque para acessar o CPF digital é preciso cadastro da biometria.

Tendo a Carteira Nacional de Habilitação o próximo passo é baixar o aplicativo na biblioteca de aplicativos do seu smartphone. No caso de celulares com sistema iOS o aplicativo se encontra disponível na App Store no caso de aparelhos com Android na Play Store. Feito isso todo o processo subsequente é fácil e intuitivo com comandos em tela.

Em dado momento será necessário a realização da chamada prova de vida que consiste em um processo fotógrafo realizado através da câmera do seu celular. Basicamente você vai tirar uma selfie para encaminhar ao sistema.

Dada as permissões necessárias para autorizar o aplicativo a utilizar a câmera, você conseguirá concluir o processo de solicitação.

A partir dessa fase você deve criar um pin de acesso ao sistema. Você agora terá acesso ao CPF digital que vem com um QR code para acessar suas informações.

Link para download

Apple: https://apps.apple.com/br/app/cpf-digital/id1503075389

Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.cpf_digital&hl=pt_BR&gl=US

Dúvidas sobre o Imposto de Renda

Mencionei anteriormente que o aplicativo do CPF digital vem com um chat boot. O chat boot utiliza inteligência artificial para que possa ajudar a solucionar as principais dúvidas sobre a Declaração do Imposto de Renda.

Essa acaba sendo sem sombra de dúvidas uma das principais funcionalidades do aplicativo. Isso porque a declaração acaba gerando uma série de dúvidas nos contribuintes.

Antes que você se pergunte se vale ou não a pena recorrer, ou utilizar o CPF digital, precisamos considerar algumas coisas. Por exemplo, se você tem alguém que faça a sua declaração anualmente talvez não seja uma alternativa tão vantajosa. Até porque comumente carregamos o CPF em nossa carteira.

Não há informações claras, por parte da Receita Federal quanto a validade do CPF digital. Em outras palavras, não há informações claras sobre o documento ter o mesmo valor jurídico que o CPF impresso, por exemplo. Situação que comumente ocorre com a CNH digital.

Deixe um comentário